Baabdat Family Trees - Famílias - Raízes

Famílias

Por que alguns dos sobrenomes de imigrantes se modificaram?

Famílias têm raízes e nomes têm regras. Baabdat, a linda aldeia do Maten, formou famílias, que ficaram conhecidas como as famílias de Baabdat. Entretanto, a mudança em algumas delas, devido à distância, acrescentou ou suprimiu algumas letras de seus nomes que, infelizmente, fizeram com que algumas das famílias de imigrantes perdessem seus nomes verdadeiros...

 

Como isso aconteceu exatamente? O que está por trás disso?

Dois fatores principais causaram essa mudança na identidade dos nomes das famílias:

  • A tradução incorreta ou muito vaga é um dos principais motivos. Os expatriados de Baabdat para os países de imigração cometeram um erro ao soletrar ou escrever os seus nomes, uma vez que eles não falavam a língua estrangeira. Assim, os nomes foram escritos como foram pronunciados em cada país ou cada língua, de acordo com o sobrenome, profissão ou nomes locais... Isso foi o que fez com que as autoridades locais e a administração portuária registrassem o nome desses imigrantes de maneiras diferentes. Por exemplo, a família Corbani é conhecida na Argentina como família Flores, a família Melki como Martinez, a família Lahoud Labaki como Dominguez.
  • Outro fator que levou a esse problema foi manter nos países estrangeiros o nome que era conhecido em Baabdat levando-se em conta a tribo, avô, pai ou apelido... Por exemplo, a família Fadul Labaki é conhecida em Argentina como Fadul, a família de Nassif Mansur Labaki no Brasil tornou-se Mansur e a família de Tannous Najem Labaki tornou-se Nallim em Argentina. Ocorreram também mudanças na maneira como os nomes e famílias eram escritos, tais como: Melki, Mulqui, Melqui...e Labaque, Labaqui, Lavaque, Labaki, Lavaki, Labaké...

 



Gostaríamos de informá-los que muitos nomes e sobrenomes dos baabdatenses que emigraram sofreram modificações. São diversos os motivos dessas mudanças, mas o principal é o fato de os imigrantes não conhecerem a língua do país que os recebia.


Apresentamos aqui um pequeno exemplo para que possam ter uma idéia das modificações ocorridas:

O nome Youssef, por exemplo, é conhecido em espanhol e em português como José.
Jeryes nessas mesmas línguas corresponde a Jorge.
O sobrenome Labaki foi algumas vezes substituído por: Lávaque, Fadel, Mansur...
O nome da família Melki tornou-se em outros idiomas: Mulqui, Martinez...
O nome da família Obeid ficou sendo Rached, Thomas...
O nome da família Corbani se transformou em Flores, Nemer...

 

Muitos nomes e sobrenomes das famílias residentes em Baabdat e dos imigrantes e seus descendentes, são citados em nosso portal como são escritos em francês, que é a segunda língua oficial no Líbano depois do árabe.


Portanto, quando vocês procurarem por alguém na árvore genealógica, tentem mais de uma vez mudar a grafia de um dos três nomes da pessoa nos espaços de busca: Nome, Nome do Pai, Sobrenome.

Se a resposta continuar sendo não encontrada, entrem em contato conosco para que possamos ajudá-los em suas buscas, clarear quaisquer informações, corrigir nomes ou acrescentar algo às informaões.


É importante acreditar que, se trabalharmos juntos, faremos com que Baabdat seja conhecida em todo o mundo.

Estamos sempre a seu dispor, e devemos todos estar a serviço de Baabdat e de seu povo, sejam eles residentes ou descendentes de imigrantes.

 

Famílias
Baabdat
Imigração
Galeria
Famílias